Make your own free website on Tripod.com

O BRILHO DA LUA

Pensamentos

HOME
Quem sou eu
Previsão Semanal
Previsão Mensal
Signos
Astrologia Chinesa
Pensamentos
Links Profissionais
Consultas
Cursos
Contacto

violencia.jpg

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

A violência doméstica define-se como o tipo de violência (Física, sexual ou psicológica) que ocorre em ambiente familiar, seja entre membros de uma mesma familia, seja entre aqueles que partilham o mesmo espaço de habitação.

Em Portugal, de acordo com os dados fornecidos pelo Ministério da Administração Interna, as denúncias de violência doméstica têm vindo a aumentar sistematicamente e de forma progressiva.

 Alguns dados ajudam a traçar um perfil da mulher agredida em casa:

- 50% têm entre 30 e 40 anos,
- 30% têm entre 20 e 30 anos.
- 50% dos casos o casal tinha entre 10 e 20 anos de convivência e,
- 40% entre um e dez anos.
Esses dados mostram que, depois da queixa:
- 40% dos casais se separam.
- 60% continuam a viver conjugalmente.

Quem agride

Na maioria os agressores são homens (67,4%), cônjuge e/ou ex-cônjuge da vítima. Não há trabalhos explícitos sobre incidência de patologias psiquiátricas nos agressores, entretanto, considera-se válido que os agressores se dividem entre portadores de: Transtorno Anti-social da Personalidade, Transtornos Explosivo da Personalidade (Emocionalmente Instável), Dependentes químicos e alcoolistas, Embriagues Patológica, Transtornos Histéricos (histriônico), Outros transtornos da personalidade, tais como, Paranóia e Ciúme Patológico.

Questionário preditivo de violência doméstica. A pessoa que convive consigo...


1. Agride na maior parte do tempo?
2. Acusa constantemente de ser infiel?
3. Desencoraja-a as suas relações de amizade com a sua família e amigos?
4. Priva-a de trabalhar, de estudar?
5. Critica-a por pequenas coisas?
6. É agressivo com facilidade, quando está bêbado ou drogado?
7. Controla as finanças, obriga-a e força-a a comprar só o que ele acha importante?
8. Humilha-a em frente de outros?
9. Destrói objectos pessoais e com valor sentimental?
10. Agride ou espanca os seus filhos?
11. Usa e/ou apontou alguma arma contra você?
12. Obriga a ter relações sexuais contra sua vontade?

Um elemento comum na maioria destas mulheres é o medo de não ter condição financeira para se manter ou aos filhos, se saírem da relação. O dinheiro entra aí como factor de controle sobre a mulher. Voltamos a sugerir que os pais pensem se na educação dos filhos não condicionam a liberdade deles pelo dinheiro, ameaçando cortar o apoio financeiro como forma de obter respeito e obediência. Esta atitude pode criar tanta insegurança na filha, ao ponto dela se sentir incapaz de resolver sozinha seus próprios problemas quando adulta.

(retirado do site psiqueweb.med.br)

Já está na altura de parar com este tipo de situações, o mundo ao invés de evoluir fica impossivel de viver com tanto atraso nas mentalidades.

Somos tantas mulheres e não conseguimos lutar contra esta falta de inteligência masculina que nos impede de fazer Portugal um lugar decente para viver.

Linha de Apoio  800 202 148

Free Message
                                    Forum from Bravenet.com Free Message Forums from Bravenet.com

aabuttbanz20_849014146_75021.gif

aabuttbanz12_849014146_80795.gif

Free Tell A Friend from
                                    Bravenet.com Free Tell A Friend from Bravenet.com

Enter supporting content here